This is the "Little Prince" watch the omega replica most basic one, junior three-pin date replica watches display, the price of more than 30,000 to get started is swiss replica watches not so difficult, it is suitable for little money or the breitling replica first time to buy the table Friends.
Tecnologia x Sociedade: há mesmo um embate? – Influire Soluções Estratégicas

Tecnologia x Sociedade: há mesmo um embate?

Entrei em um debate ontem sobre evolução tecnológica. O ponto apresentado pelo interlocutor – Pekos, ex-aluno – é que a evolução traria demissões e desemprego até que chegasse um momento onde só haveria emprego para programadores (chegou a citar um “professor robô”, como ameaça à minha profissão). O debate surgiu em função de matéria da Exame, que afirmava que uma fabrica da China estava trocando humanos por robôs.

Evolução e Tecnologia

Alguns pontos que trago da discussão para cá: A tecnologia evolui exponencialmente desde 6000 a.C. É só continuação. Não é um fenômeno novo, tampouco o debate acerca disso é novo.

TrirremeQuando os macedônios/gregos/fenínicios (ninguém sabe a origem real) criaram as trirremes foi um salto tecnológico absurdo! Ninguém acompanhava os caras, venciam todas as batalhas no mar!

Quando Gutemberg passou a imprimir Bíblias, fomentou a reforma protestante, as grandes navegações e a democracia. Houve contra-reformas, acusações de imperialismos os mais variados desde então e a democracia se mostrou algo interessante (e sei que este último tema dá margem a outras discussões, mas vamos nos ater ao ponto).

A primeira revolução industrial, então? Que salto! Produção em massa pela primeira vez na história! Trens, grandes distâncias deixaram de ser empecilho!

A verdade é que SEMPRE a tecnologia é mais rápida que a sociedade. Tecnologia – enquanto conjunto de técnicas – não muda em função de mudanças na forma de se organizar e ser da humanidade, mas ao contrário: ela possibilita, viabiliza – e força, em alguns casos – as mudanças.

Desde o primeiro domínio do fogo. Desde a primeira casa na árvore ela nos permite escapar de predadores e tudo mais. Aliás, é a tecnologia – como conhecimento aplicado – que nos permite domínio sobre o planeta hoje (e aqui, sei que há outro espaço para debates, mas novamente vamos nos ater ao caso).
Desde então, já há o discurso do “a tecnologia vai nos engolir” e todo esse blá blá blá.

Sobre engolir ou não, um ponto simples: adaptação (e aprender a usar). Não vejo debates além disso.

Desemprego?

Sobre desemprego e tudo mais (vixi, aqui, sim, a coisa pode abrir milhões de outras discussões, mas, novamente… vamos ficar no debate da tecnologia): as pessoas se adaptam (também). O fato é que, ao fim e ao cabo, a tecnologia – em suas mais variadas vertentes – têm tornado a vida humana mais fácil, tranquila, confortável. Não menos.

Qualidade de Vida

Ao invés de lutar contra a tecnologia, por que não lutarmos para que – ao contrário – todos tenham acesso a elas, sem exceção. E não falo de bolsas e tudo mais, falo de produção em massa, robotização e outras estratégias de redução do custo de aquisição dos itens de tecnologia. Não um iPhone, mas certamente a tecnologia patrocinada por Bill Gates para limpeza de qualquer tipo de água ou o forno microondas ou o freezer em regiões remotas trariam maior qualidade de vida a essas pessoas.

Link para o post original: https://www.facebook.com/notes/prof-sergio-selotijr/tecnologia-x-sociedade-h%C3%A1-mesmo-um-embate/969123926453906

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *